SEM PALAVRAS

Support World AIDS Day

2006-09-03

Recuperei o acesso ao blog!

Quando já dava por encerrada esta parte (NAFAIXERRADA) dos meus escritos, sem saber como nem porquê, acedi, novamente, com a maior das facilidades.
Claro que a culpa só pode ter sido minha. O(A?) Google não tem tempo a perder com pessoas assim. Se eu escrevo a dizer-lhes que não consigo entrar no meu blog, eles remetem-me para as FAQ's. Se lhes volto a escrever a dizer que o meu problema não vem nas FAQ's e que tem origem no assumirem uma posição de automatismo perante todas as perguntas, devolvem-me para o pedido de recuperação da password ou do nome do utilizador. Senti-me bola de ping-pong durante uns tempos. Senti-me a carta fora do baralho, a peça redundante, o anacronismo com o qual não se pode perder tempo. Um caso singular não justifica o investimento de uma resposta pessoal. E o pior é que cada vez sinto mais estar a ser assim tratado. Pelo estado, pela entidade patronal, até pelas Testemunhas de Jeová que não aceitaram o meu convite para ficarmos a discutir o assunto que eu, delicadamente, os ouvi explicar. Não voltaram cá!

Bem, tenho o blog de volta e espero que não volte a fugir. Eu quero voltar.

2 comentários:

Nan disse...

assim é. somos apenas um código binário neste mundo virtual...e, às vezes, nem isso no mundo real.
o que eles não sabem (ambos os mundos) é que somos pessoas e conseguimos vencer algumas batalhas.
:)

kimporta disse...

É com uma frase optimista que acabas. Sim, vamos vencendo algumas batalhas, mas cada vez custa mais e, o que me preocupa, é que cada vez tenho menos vontade de as travar.

Afirmações com a tua é que ainda vão dando ânimo. Não estamos sozinhos, pois não?