SEM PALAVRAS

Support World AIDS Day

2006-10-26

OS PUTOS

Os miúdos, na escola, quando se querem afirmar ou manifestar a sua rebeldia (ou por outro motivo qualquer), escrevem palavrões ou outras coisas nos tampos das mesas ou nas cadeiras (ou noutro sítio qualquer).

Eu, que já me tenho por adulto, quando os chefes (e tenho muitos) me dão nas orelhas; quando os utentes me dão cabo da paciência (e já tenho pouca); quando as colegas me irritam (e já é fácil) ou quando acordo mal disposto (o que é difícil), escrevo no computador.

Não há grande diferença entre nós, pois não? Talvez eles não se preocupem muito com dias melhores e eu já não espero outra coisa.

2 comentários:

Nan disse...

na essência, nenhuma diferença. apenas no suporte.

kimporta disse...

Obrigado. Foi uma forma delicada de me chamares infantil :)

Mas olha que, às vezes, rabiscando no computador e ouvindo música, supero a irritação. O que resulta dos rabiscos é que pode ser merda, mas isso é outra conversa.